Como utilizar um dispositivo para fazer o debugging de aplicações Android

Recentemente tive algumas dificuldades em fazer com que o meu Sony Xperia Miro fosse reconhecido pelo Eclipse para fazer o debug de aplicações. Aqui apresento a solução:

No SDK do Android vem incluído um emulador que nos permite correr as aplicações que estamos a desenvolver. Esta é uma ferramenta muito útil pois permite emular uma grande variedade de configurações de hardware mas tem as suas limitações: é muito lento e não é possível testar algumas particularidade do nosso hardware, tais como os acelerómetros, bússolas, sensores de GPS, etc.

Para tal necessitamos de testar as nossas aplicações num dispositivo real. Aqui segue a explicação de como adicionar o nosso dispositivo Android à lista de dispositivos:

1 – No nosso dispositivo activar a depuração Usb:

Definições -> Opções de Programador -> Depuração USB

Este caminho é válido para a versão 4.0 do Android. Diferentes versões têm diferentes caminhos.

2 – Ligar o dispositivo ao pc através de um cabo USB. Atenção ao cabo utilizado: alguns cabos de carregadores mais baratos não permitem que o dispositivo seja detectado!

3 – Executar o seguinte comando no pc e procurar o dispositivo Android na lista:

lsusb

lsusb
4 – Entrar em modo de superutilizador:

su -

5 – Editar o ficheiro 51-android.rules:

gedit /etc/udev/rules.d/51-android.rules

e adicionar a seguinte linha:

SUBSYSTEM=="usb", ATTR{idVendor}=="0fce", ATTR{idProduct}=="6180", MODE="0666", OWNER="<your login here>"

Notar que “0fce” e “6180” provém do comando “lsusb” executado anteriormente. O atributo de OWNER deverá ser o login do utilizador.

6 – Reiniciar o device manager através do seguinte comando:

service udev restart

7 – Navegar para a pasta platform-tools que se encontra dentro da pasta sdk que por sua vez se encontra dentro da pasta do adt bundle. Neste caso o comando a executar é:

cd Programas/adt\ bundle\ linux\ x86_64\ 20130729/sdk/platform-tools/

8 – Executar os seguintes comandos para reiniciar o adb:

./adb kill-server

./adb start-server

9 – Para verificar o processo:

adb devices

10 – Em alternativa aos passos 7, 8 e 9 podemos aceder ao modo DDMS (Dalvik Debug Monitor Server) do Eclipse da seguinte forma:

Window > Open Perspective > Other... > DDMS e validar com um OK.

Clicar no pequeno triângulo e depois em Reset adb.

adt

E pronto, o nosso dispositivo está pronto a correr aplicações directamente a partir do Eclipse.
adt

Anúncios
Tagged with: , , ,
Publicado em Android, Linux, Programação

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: